25 de agosto de 2009

Christu

fazer sem esperar o resultado
fazer por amor
fazer por vontade
o final não existe
de um começo, é sempre onde estamos
fazer pelo final, na ilusão estarás
fazer por fazer, és um não ser
é a morte, aquela tão assustadora
viver para um amanhã
vivendo não estará
contemplar pensando o que pensas que é
iludindo-se está
faça sem parar
pense num não-pensar
o resultado é a ação do agora
é o presente que você sempre se encontra ausente
a ilusão te instiga, és permeado por um prazer, e dele ficarás escravo,
se não lutares pelo presente e pelo não-resultado

Um comentário: